Colégio "Glaucia Costa" - 26 anos batendo forte no coração da cidade
 
 
 
  


"O Quebra-Nozes": Um presente de Natal

Belo, encantador, emocionante! Um presente de Natal para a cidade. Na noite da última quarta-feira (15/12), em Timon, no Espaço Cultural e Esportivo Airton Costa Cruz, o público presente ao local acompanhou e se emocionou com uma apresentação de ballet clássico, "O Quebra-Nozes". Um presente especial para Timon, pois a cidade comemora neste momento seus 120 anos de fundação, e nos últimos vinte anos a Escola promotora do espetáculo tem vivido e participa ativamente de sua história, investindo em sua comunidade e na educação do município.


Assim, ao festejar vinte anos de serviços na cidade, a Escola trouxe o ballet clássico para seu contexto educacional e se propôs à realização do espetáculo "O Quebra Nozes", que reuniu alunos, ex-alunos e convidados especiais.


E foi uma iniciativa brilhante, o público apreciou e aplaudiu um espetáculo especial, encantador, acompanhando por setenta minutos uma linda história que revive os sonhos através da dança, um belo trabalho com a grandiosidade dos clássicos. A professora de dança, Letícia Osório de Freitas elaborou coreografias e foi uma das estrelas do espetáculo; trabalhou com mais de cinqüenta crianças e convidados e organizou pacientemente uma apresentação de requinte e qualidade, com o apoio dos colaboradores da Escola.


O espetáculo causou surpresa e impressionou a todos que compareceram; pais de alunos, familiares, convidados e a comunidade de modo geral, o trabalho apresentado contou ainda com a participação especial dos bailarinos, Aline Dayane Barreto Veloso (Fada de Açucar) e Valfrido de Oliveira Costa Filho (Príncipe Algodão Doce), que mostraram grande talento no palco e deixaram a platéia a explodir de emoção. Além disso, também foi pontual para o sucesso do espetáculo, a participação da professora de dança Socorro Barnabé.


Desse modo, uma fria e agradável noite, foi testemunha de uma belíssima apresentação onde a platéia se manteve atenta e vibrante à história que se contava no palco, em silêncio ou aplaudindo, interagiu de modo expressivo com o trabalho. Cenário, figurinos e adereços trouxeram magia e beleza ao espetáculo; a graciosidade das personagens em cena foi outro belo destaque.


Portanto, parabéns à Escola pela iniciativa, mas especialmente aos pequenos, meninas e meninos, que agora desenvolvem o talento de dançar e aos pais de cada um, pela sensibilidade de levar a dança para a vida de crianças e jovens. Parabéns a cidade, que ganhou um presente muito especial em seu centésimo vigésimo aniversário, e que mais presentes assim cheguem ao município, que um dia já se chamou Flores. Timon merece e o público aguarda ansioso.


Artigo publicado no Jornal Meio Norte
23 de dezembro de 2010 / Teresina – PI
ANGELY COSTA CRUZ Bacharel em Biblioteconomia – UESPI / PI
Especialista em Leitura e Produção Textual – IFET/ PI
Coordenadora do Colégio Gláucia Costa
Bibliotecária do Centro de Estudos Superiores de Timon / MA
Universidade Estadual do Maranhão – CESTI-UEMA